Pra Sempre


Pra Sempre (Thiago Grulla)

Eu disse sim, mas não disse agora
Eu disse quero, mas em outra hora
Deixa eu te conhecer
Me diga quem é você.

O teu olhar me desmonta inteiro
E o teu sorriso é o sol verdadeiro
Deixa eu te conhecer
Me diga quem é você.


Quero um amor que resista o tempo
Uma verdade pra abraçar pra sempre
Caminhada de bons sentimentos
Um coração que me entende.


Eu quero colo, eu quero carinho
E o meu carinho eu quero te dar
Eu já andei muito tempo sozinho
Por favor, deixa eu te encontrar.


A tua voz não sai da minha mente
E o meu desejo é seguir em frente
Deixa eu te conhecer
Me diga quem é você.


A nossa história pode ser tão bela
Até os anjos vão sonhar com ela
Deixa eu te conhecer
Me diga quem é você.


Quero um amor que resista o tempo
Uma verdade pra abraçar pra sempre
Caminhada de bons sentimentos
Um coração que me entende.


Eu quero colo, eu quero carinho
E o meu carinho eu quero te dar
Eu já andei muito tempo sozinho
Por favor, deixa eu te encontrar
Por favor, venha me encontrar
O amor quer nos encontrar.


Quando autorizamos Deus ter a direção e o controle das nossas vidas provaremos o melhor da terra.
Glória a Deus, porque Nele temos essa oportunidade!

“E, se alguém prevalecer contra um, os dois lhe resistirão; e o cordão de três dobras não se quebra tão depressa.” (Eclesiastes 4:12)

Nele... Cris

 

Comentários

  1. Cristina Bessa, que letra linda! Essa canção nos faz resgatar a importância de ter a pessoa certa, no contexto espiritual e amoroso, ao nosso lado. Leonardo Alexandrino

    ResponderExcluir
  2. "Minha fila" UFA!!!!
    Esta canção é muito linda!
    Envolve o coração!!!
    E como eu tenho por certo que receberemos a nossa tão grande bênção só precisamos ficarmos atentos aos comandos do PAPAI!!!
    Cheiro grande!!!
    Cris

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá, muito obrigada pela sua visita e comentário aqui neste espaço.
Em breve responderei seu comentário.
É um prazer tê-lo por aqui!!
Com amor,
Cristina Bessa

Postagens mais visitadas deste blog

O tempo debaixo do céu

Há esperança para o ferido...

Puro Nardo!