Semente incomum... Colheita incomum!


Todos os dias me sobrevêm circunstâncias que falam de maneira clara que seria melhor eu desistir daquilo que tenho sonhado, esperado, orado e buscado em Deus.

Isso não acontece um dia ou outro, mas todos os dias! É algo incrível!
E sempre que isso me acontece, eu digo para essas circunstâncias, que elas até podem bater na minha porta TODOS OS DIAS, mas elas não estarão na minha porta O DIA TODO, porque nada pode me separar de Deus, porque quem com Ele não ajunta, espalha (ver Mateus 12:30b).

Eu tenho aprendido tanto, tanto a depender de Deus.
Peço diariamente que Ele me ensine tudo que preciso aprender, porque sei que em breve estarei executando algo que ninguém nunca viu, nem nunca ouviu falar disso na minha vida.

Apesar de todas as sensações que meu coração, meus olhos, meus ouvidos, minha alma possa sentir... eu sei que Deus está comigo.

Sexta-feira passada, eu estava num terminal de ônibus aqui da cidade e veio ao meu coração e a minha mente a pergunta: “Qual a Palavra Senhor neste dia, o que Tu tens a me dizer? Fala que eu Te escuto!”

E na mesma hora, eu me lembrei de uma jovem que com certeza eu me encontraria com ela em instantes... e então, eu disse a Deus que eu já imaginava o que Ele teria para me dizer naquele dia e que, se possível, eu gostaria que Ele usasse essa jovem de maneira específica e que Ele me trouxesse uma Palavra dEle que estivesse registrada na bíblia, para que eu entendesse que dimensão sobrenatural me envolvia naquela manhã.

Em instantes, essa jovem me apareceu, mas não me falou nada. Conversamos, sorrimos muito e aí passou... pegamos o ônibus, fomos à faculdade, despedi-me dela, depois fui trabalhar, falei com ela no período da tarde e já tinha até esquecido do meu pedido na manhã durante aquela sensação sobrenatural que tinha invadido meu ser. Pensei que Deus me diria no início da manhã e como isso não aconteceu, eu fiquei descansada. Mas Deus não esquece nada... antes que a tarde encerrasse eu recebi uma ligação rápida e muito precisa dessa mesma jovem e ela disse: “Cris, anota aí essa passagem bíblica. Deus mandou que você lesse. Não esquece de meditar nela agora.”

Queridos... os versículos estão em Eclesiastes 11:1, 4-6: “Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias o acharás. [...] Quem olha para o vento, não semeará, e o que atenta para as nuvens não segará. Assim como tu não sabes qual o caminho do vento, nem como se formam os ossos no ventre da mulher grávida, assim também não sabes as obras de Deus, que faz todas as coisas. Pela manhã semeia a tua semente, e à tarde não retenhas a tua mão; pois tu não sabes qual das duas prosperará, se esta, se aquela, ou se ambas serão, igualmente boas.

Sabe queridos, eu nem precisei ler, porque eu sabia exatamente o que aqueles versículos diziam... a palavra que essa jovem me pediu para anotar é um trecho bíblico que Deus sempre me arruma uma maneira de me lembrar todas as vezes que as circunstâncias, que as águas parecem que me submergirão.

Em 2006, foi a primeira vez que Deus falou comigo através desses versículos e dentre tantas coisas, Ele me pediu que eu nunca deixasse de plantar sementes, porque Ele me observava e que Ele era feliz porque eu não me preocupava em comer do fruto, mas que eu fazia questão de arar, preparar a terra lançando sementes...

Nessa mesma época, eu fiquei tão comovida com essas falas de Deus, porque as pessoas sempre se referiam a mim como uma lançadora de sementes. Ainda em 2006, no meu antigo trabalho me pediram para falar durante 15 minutos e como no dia dessa reunião eu não estaria, eu gravei em áudio o que falaria e na oportunidade eu li um texto (Link: plantando sementes) que nesse mesmo ano falou tremendamente ao meu coração, que eu cheguei a gravar em CD.

Amados... não sou grata a Deus porque Ele irá me dar algo, porque Ele tem direito, liberdade, autoridade de fazer comigo como fez a Moisés que não entrou na terra prometida, que tanto sonhou e acreditou que entraria, mas sou grata a Deus porque ainda que me aconteça como Moisés que morreu sem entrar na terra, Deus garante (ver Hebreus 11:39-40), que aqueles que tiveram testemunho pela fé e não alcançaram a promessa, era porque Ele estava provendo algo melhor a respeito dessas pessoas.

Na minha limitação humana, vejo que Deus teve um cuidado enorme com Moisés... quando isso aconteceu na vida de Moisés, ele deveria ter osteoporose, artrite, artrose, etc... e Deus deve ter pensado e compartilhado com Moisés assim que ele chegou na glória: “Ei Moisés, o negócio lá demorou muito, hein?! Mas, deixa eu te dizer meu filho: Eu te trouxe para Meus braços porque Meus planos são muito maiores do que a terra prometida. Não queria te ver sentir dor natural da velhice... portanto, Eu mesmo fui te buscar. Fica aqui na glória comigo, desfruta do banquete celestial preparado para ti e aos que ficaram lá na terra, por causa de ti serão aperfeiçoados na fé!”

Não sei o que Deus disse ao certo a Moisés, não sei o que Deus tem reservado para mim, mas eu sei que meu Redentor vive e que nenhum dos Seus planos podem ser frustrados.

Pouco importa o que me acontecerá amanhã, mas eu sei que se os meus olhos contemplarem o amanhã, tudo será inédito, salvo para quem criou e tem preparado o meu futuro: DEUS!
Que Deus, na pessoa de Cristo, possa trazer alegria ao coração de vocês e que o peso diário que sobrevenha na vida de cada um seja os dos braços do Senhor sobre seus ombros.

Em nome de Jesus, quero deixar claro que não sou de falar com Deus pedindo que Ele use alguém ou traga uma palavra como fiz nessa sexta, pois até mesmo o silêncio de Deus sempre me fala tanta coisa, mas estabeleço com Deus um relacionamento, do qual acredito que até o desejo de orar vem dEle e nesse dia, assim como em outras circunstâncias, o meu coração desejou dizer isso ao meu Pai.

Descansem nEle... é o desejo do meu coração para vida de todos.
Lembrem-se: “Uma semente incomum, gera uma colheita incomum.” (Mike Murdock)

Abraços no coração de todos...
Com amor Nele,
Cris

Comentários

  1. Cristina Bessa. Raramente lhe chamo assim, agora deu vontade de chamar e chamei... Só quero dizer, que ao ler as suas postagens, é como se eu pudesse estar lendo cada palavra em seus lábios. Gosto de ler aqui, pois, por mais longe que eu esteja de voce, eu te sinto perto. Suas palavras não são apenas palavras, elas te traduzem. Elas a representam fortemente. São particulares. E Deus, sempre com voce, intensifica toda essa força, toda essa presença que é voce! Amo lhe ver e lhe abraçar todos os dias. Ah, e eu SOU uma dessas sementinhas. Fica com Deus. Amo você!

    ResponderExcluir
  2. Amiga, fico tão feliz em compartilhar daquilo que você acredita e espera no Senhor. Amei ler esse post, pois além de ter ouvindo de você essa experiência, pude receber do nosso Deus grandes confirmações através de tudo que aqui foi registrado.

    Sabe Cris, nossa postura, valores, conduta e principalmente nossa fé, são ferramentas usadas pelo Criador para que consigamos alcançar pessoas e impactá-las sobre as maravilhas que Deus opera em nosso favor e você é perita nisso.

    Você é uma semente preciosa e tem frutificado abundantemente no coração daquele que se dispõe a receber a Palavra.

    Não há prazer maior do que semear no reino de Deus, pois como você mesma disse; pouco importa se comeremos do fruto, já que a vitória sempre será certa em Cristo Jesus.

    Tenho vivido um novo tempo, um novo momento, hoje mesmo plantei novas sementes adotando outra postura e pela fidelidade de Deus, colhi os frutos de forma instantânea.

    É maravilhoso vivermos o sobrenatural e andarmos pela fé, percebendo a vitória que está lá na frente na certeza de que ela já chegou a nossas mãos.

    Obrigada por me ensinar a ser uma mulher de fé e a comprar briga com o inimigo para não perder minha comunhão com Deus.

    Amo você, simplesmente por refletir a beleza do nosso Pai.

    Cheirinho no olhinho.

    ResponderExcluir
  3. Adri... que bom saber que posso contar com você... isso é uma maravilha!

    Alegro-me nas oportunidades que tenho de investir na sua vida, portanto, conte sempre comigo no que precisar e estiver ao meu alcance.

    Creio que Deus fará muitas coisas ainda na minha vida e sei que você fará parte de muitas dessas coisas... aguarde!

    Obrigada por ser essa mulher de fé... saiba que te amo muito!
    Cheiro nos olhos.
    Cris

    ResponderExcluir
  4. Nathy, minha querida!! Que alegria poder ler aqui seu comentário, inclusive de ler palavras tão lindas como as suas...
    Tenho um mistério intencional com você: Gerar no seu coração uma fé, que te faça, se necessário, andar sobre as águas (circunstâncias). Quando eu fiz esse post eu lembrei muito de você e fico grata pelas suas percepções ao meu respeito. Ah... como sou melhor porque tenho do seu amor! Obrigada por tudo! Amo você!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá, muito obrigada pela sua visita e comentário aqui neste espaço.
Em breve responderei seu comentário.
É um prazer tê-lo por aqui!!
Com amor,
Cristina Bessa

Postagens mais visitadas deste blog

O tempo debaixo do céu

Há esperança para o ferido...

Puro Nardo!