É chuva? Então em breve vem o arco-íris!


O que foi? Você vê uma nuvem sobre sua cabeça?
Está muito carregada? Não??
Ah... Já começou a chover e, por isso, você não consegue olhar para cima, não é!!? Entendo você... e quero ministrar algo no seu coração: Nenhuma tempestade é para sempre e todas elas são pedagógicas.

Têm momentos na sua vida que você olha para cima e só consegue ver uma nuvem bem nublada, você imagina quão carregada a nuvem está, daí bate aquela sensação horrível de pavor, de angústia, de medo, de vontade de correr, você chora e já não consegue mais nem olhar para nuvem...

Agora eu te pergunto: Você tem vontade de correr dessa situação? Por que ao certo deseja fugir? Se você correr dessa sensação não seria como morar sozinho e fugir de casa? Você fugiria de que então?

Querido... a nuvem pode estar nublada...carregada... mas, queria te convidar para olhar de um novo ângulo, de um novo ponto... você precisa ver além da nuvem.
Tente fazer isso agora: Olhe para cima, você vê a nuvem? Calma! Eu sei que ela ainda está lá! Agora tente se imaginar nesta mesma situação... só que neste momento você deve imaginar que mora num lugar que tudo te é possível, nada é impossível... Diante disso: O que você vê depois da nuvem?

Quero afirmá-los: Ainda que vocês não tenham visto o que eu vejo neste instante, vocês precisam saber que acima de cada nuvem nublada, de cada nuvem carregada, de cada nuvem escura, a mão de Deus se encontra lá... isso mesmo... a mão de Deus não se intimida por causa da nuvem... saibam que até as nuvens escuras, nubladas e carregadas estão submetidas ao controle e comando de Deus.

Sei que não é fácil uma tempestade, mas sei que se Deus é imutável, Dono do Mundo e Onipotente... quero dizer que vocês não devem temer. Ele é com cada um de vocês!

Querido... Ele é contigo!

Em Isaías 41:10-13, temos: "Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça. Eis que, envergonhados e confundidos serão todos os que se indignaram contra ti; tornar-se-ão em nada, e os que contenderem contigo, perecerão. Buscá-los-ás, porém não os acharás; os que pelejarem contigo, tornar-se-ão em nada, e como coisa que não é nada, os que guerrearem contigo. Porque eu, o SENHOR teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo."

Não temam! Não temam!
Ah... como é bom saber que essas palavras ministradas por Deus ao profeta Isaías, elas são também para minha e a sua vida...

Queridos: Não temam!

Se não sabe o que fazer... não faça, até que Deus possa te direcionar!
Se não sabe para onde ir... não vá, até que Deus possa te guiar!
Se não sabe o que dizer... não diga, até que Deus possa te orientar!

Mas, em nome de Jesus, não temam... porque as suas sensações, os seus medos, as suas angústias elas não alteram o controle de Deus...

Ah... como gostaria de colocar em palavras tudo que se passa na minha vida e na vida das pessoas que me são caras e tão preciosas... mas, no momento a única coisa que posso dizer é que eu não temo e o desejo do meu coração é que você: Não tema!!

Recordo quando quarta-feira fui à faculdade para fazer um relatório numa clínica que fica lá dentro... não sei porque o professor não foi, a estagiária não estava e ao ouvir que não teríamos esta aula, lembrei de todo o sacrifício físico que vivenciei para chegar na faculdade naquele dia, de como eu estava... todo mundo começou a reclamar e então eu disse: Glória!!

Queridos, uma mulher ouviu eu falar Glória e me olhou com um olhar tão ímpar, que se eu pudesse descrever o olhar de Deus, materializaria na semelhança do olhar daquela mulher...

Ela me olhou e disse: Você é cheia de graça! Quando ela falou isso eu sorri e disse: Amém!

Depois disso eu pude perceber uma dimensão sobrenatural naquele lugar, pedi para abraçá-la e então, depois de muito conversar  e sorrir com aquela mulher... entendi que Deus desejou que eu estivesse ali. Não falei nada da minha vida, somente a ouvi falar e ministrei na vida dela... enquanto ela falava eu disse em silêncio: Deus, aguardo uma palavra nesta manhã para meu coração... antes desta mulher ir embora, eu espero Tua palavra para guardar no meu coração.

Conversamos cerca de quase 1h e 30min e então, ela olhou para mim e me disse: Você entenderá tudo o que aconteceu nesta manhã... você não teve aula e eu precisei perder aula e não sabia porque... agora sei!

Ela pegou a bolsa, eu fui beber água e em silêncio eu disse para Deus: Senhor, quero que fale comigo na Tua Palavra e Tu sabes porque!

Ao me virar do bebedouro, ela olhou para mim e disse: Cristina, ao sair daqui você leia o Salmos 126 e durante todos estes dias você guarde ele no seu coração. Sem palavras... eu apenas disse: Amém! Deus é contigo! E saí da clínica.

O Salmos 126 diz: "Quando o SENHOR trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham. Então a nossa boca se encheu de riso e a nossa língua de cântico; então se dizia entre os gentios: Grandes coisas fez o SENHOR a estes.Grandes coisas fez o SENHOR por nós, pelas quais estamos alegres. Traze-nos outra vez, ó SENHOR, do cativeiro, como as correntes das águas no sul. Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos."

Fiz questão de ler o Salmo, mesmo que lembrasse do seu texto, mas eu precisava degustar cada fala de Deus naquele instante ministrada ao meu coração.
No instante que ouvi aquela mulher falar: Leia o Salmo 126, lembrei da árvore carvalho e do quanto o carvalho é a única árvore que não é arrancada em grandes tempestades na floresta... e além disso, o carvalho serve para que os estudiosos possam medir a quantidade de chuva através da largura do seu tronco.

Sei que cada tempestade na minha vida meu tronco está sendo engrossado... e como carvalho, eu sei que minhas raízes Nele se aprofundam.

Não sou muito de olhar para a tempetade da vida, mas desde criança anseio que a chuva passe só porque amo ver o arco-íris.
Ouvir a voz de Deus é a certeza da minha aliança com Ele.
A ansiedade pelo arco-íris é porque desejo que minhas raízes Nele sejam sempre mais profundas e que meu tronco fique a cada dia mais grosso.

Desejo o mesmo para cada um de vocês!

Nele... e a cada dia com o tronco mais grosso,
Cris

Comentários

  1. Engraçado amiga, que ler suas palavras é quase o mesmo que ouvir vc falar...

    Acho linda sua intimidade com o Senhor Cris, e me espelho nela para buscar nosso Pai a cada dia mais.

    Não tenho dúvidas de que com júbilo vc colherá o fruto daquilo que plantar e que com suas lágrimas regar!

    Amo vc, amiga!

    Saudade do seu abraço forte, caloroso, meio tronxo e ao som da sua risada gostosa!

    Até mais tarde!

    ResponderExcluir
  2. Sua postagem caiu como bálsamo em meu coração. Cada palavra foi sendo derramada em meu coração que tem sido exatamente essas sensações de não saber o que dizer, para onde ir... O que dizer... Que fogo do seu controle seus sentimentos mais profundos... Me sentindo provada pelo fogo... Passando pela fornalha...
    É desse jeito mesmo minha caríssima irmã. E vc tem sido uma menina preciosa ao Olhos do Senhor. Se deixando usar cada vez mais para a Grande Obra do Senhor.
    As mãos do Senhor estão sobre vc minha irmã amada. Em O Nome de Jesus Cristo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Zélia, sou grata a Deus pela oportunidade das palavras aqui desse blog chegarem ao seu coração como bálsamo, como orvalho.
    Isso quer dizer que este espaço tem cumprido o papel pelo qual criado.

    Nenhuma situação chegará a você sem que Deus tenha permitido, portanto, pode ficar certa que sua vida é cuidada 24 horas pelo Todo Poderoso.

    Você poderia perguntar: Quem sou eu para que tenha tamanho amor?

    E eu diria: Você é a Zélia, a qual tem o nome gravado na mão de Deus e é uma filha amada e querida do Papai.

    Com amor,
    Cris

    ResponderExcluir
  4. Cris, mais uma vez suas palavras de intimidade com o Senhor falam ao meu coração.
    Grandes coisas estão por vir... Eu creio!!!
    Amo você.
    Saudades.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  5. Mari...acho tão legal você me dizer que as palavras que eu escrevo elas parecem que você está falando comigo... porque esse é o intuito de quando escrevo.

    Eu procuro colocar exatamente o que que as pessoas devem entender no momento da leitura, porque quando estou escrevendo me aparece uma chuva de palavras e aí Deus vai me ajudando a organizar... e sempre peço a Ele que em tudo que eu faça, inclusive escrever, possa falar por mim, mesmo que a minha boca esteja calada... que fale quem eu sou até na minha ausência.

    A colheita é obrigatória! Tenha certeza que eu, você e todos aqueles que nEle esperam colherão com fartura.

    "Lança o teu pão sobre as águas, porque depois de muitos dias acharás." (Eclesiastes 11:1)

    Amo você!
    I look to you forever!

    Cris

    ResponderExcluir
  6. Dirlene, minha amiga! Ah.. como tenho saudade de ti!

    Enquanto respondia aqui um comentário da Zélia e da Mari eu lembrava de você e depois que postei resposta, vejo um recado seu. Maravilha!

    Eu creio que grandes coisas o Senhor tem preparado para você e tenho certeza que Ele está organizando a melhor maneira de te entregar as realizações dos desejos do teu coração.

    Você é filhinha de Papai! E sou grata a Deus por tê-la como irmã em Cristo!

    Amo você muitão!! E sinto falta do seu abraço diário!

    A vitória é certa no nome de Jesus.

    Cris

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Olá, muito obrigada pela sua visita e comentário aqui neste espaço.
Em breve responderei seu comentário.
É um prazer tê-lo por aqui!!
Com amor,
Cristina Bessa

Postagens mais visitadas deste blog

O tempo debaixo do céu

Há esperança para o ferido...

Puro Nardo!