O silêncio de Deus não é ausência dEle!



Desde ontem que este louvor do Thalles não consegue sair do meu coração, da minha mente e hoje Ele ecoava no meu quarto.

Sabe, se Deus quisesse um a sós comigo hoje e dissesse: Cris, os dias que você ainda têm de vida, você deverá somente agradecer tudo que já te fiz até hoje!

Sabe o que eu deveria ter como resposta se esta audiência acontecesse?
Pai, a eternidade é tudo que desejo e anseio contigo... mas, realmente os meus dias de vida na terra, juntando com os da eternidade, que são infinitos, seriam poucos para agradecer tudo que representas, tudo que fazes e tudo que me proporcionas.

Queridos, não falo de agradecimento só pelas bênçãos que chegam nas minhas mãos... mas, falo de agradecimento pelo tipo de relacionamento que Deus me proporciona com Ele e que pode proporcionar a todos que assim desejarem.



Nesta madrugada eu fiquei ouvindo o silêncio... paradoxal, né?! Mas, foi assim mesmo que eu fiquei na madrugada: Ouvindo o silêncio! 

Para mim o silêncio é um tipo de grito, é um tipo de comunicação e fico feliz de poder não me atemorizar diante dele, de poder ter condições de ouvir o silêncio de Deus e entender que até mesmo no silêncio, nós nos comunicamos.

O silêncio de Deus fala tanto comigo! Não porque acho que Deus está calado diante das minhas solicitações, diante do meu clamor, mas o silêncio dEle também é resposta, é oportunidade, é manifestação, é mais uma maneira de criarmos intimidade, de nos relacionarmos de maneira única e pessoal.

Costumo dizer que manejar o silêncio de Deus é um excelente estágio para exercitar a fé, é uma rica oportunidade, porque devemos entender que o caráter de Deus não muda. Que Ele é o mesmo de sempre!!

"Deus não é homem para que minta, nem filho de homem para que se arrependa. Acaso ele fala, e deixa de agir? Acaso promete, e deixa de cumprir?" (Números 23:19)

Então amados, Deus é o mesmo!
Quem muda sou eu! Quem muda é você!

Talvez você queira sentir Deus e algumas vezes não consegue... mas, veja: Mesmo quando você não o sente, Ele está lá! Ele está aí! Ele está ao seu lado!

Glória a Deus que o silêncio de Deus não significa a ausência dEle!

"Querendo mostrar de forma bem clara a natureza imutável do seu propósito para com os herdeiros da promessa, Deus o confirmou com juramento, para que, por meio de duas coisas imutáveis nas quais é impossível que Deus minta, sejamos firmemente encorajados, nós, que nos refugiamos nele para tomar posse da esperança a nós proposta. Temos esta esperança como âncora da alma, firme e segura, a qual adentra o santuário interior, por trás do véu, onde Jesus, que nos precedeu, entrou em nosso lugar, tornando-se sumo sacerdote para sempre" (Hebreus 6:16-20)

Lembre-se: "Não foram os pregos que seguraram Cristo na Cruz... mas foi o amor dEle por você e por mim!"

Com amor Nele,
Cris

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

O tempo debaixo do céu

Há esperança para o ferido...

Puro Nardo!