segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Há esperança para o ferido...

Há esperança para o ferido foi a frase que balbuciei assim que abri os olhos esta manhã... orei e fiquei a refletir o porque desta frase tão cedo... não consegui de maneira nenhuma continuar o sono e logo veio a mente o blog (instrumento criado como um propósito de Deus)... depois veio algumas pessoas que eu conversei durante todo o dia de ontem, bem como, as pessoas que cuido durante a minha caminhada... e então, vim aqui compartilhar com vocês.

O ministério Diante do Trono tem um louvor com o nome O cheiro das águas e como sempre falo de louvor, gostaria de começar trazendo-o para regar a nossa vida e trazer a memória o que nos dá esperança, porque o louvor é uma maneira de que Deus usa para preparar nosso coração, é uma maneira que Deus trabalha afinando nosso ouvido, para que possamos ouvi-Lo e entendamos a Sua voz.

Há esperança para o ferido
Como árvore cortado, marcado pela dor
Ainda que na terra envelheça a raiz
E no chão, abandonado, o seu tronco morrer

Há esperança pra voçê
Ao cheiro das águas brotará
Como planta nova florescerá
Seus ramos se renovarão
Não cessarão os seus frutos e viverá!
(Diante do Trono)




Sabe queridos, ainda nem comecei a escrever e sinceramente: Sinto o cheiro das águas, ouço o som das águas! (risos e lágrimas)

Não sou psicóloga, apesar de ser chamada como tal e sempre que assim me chamam, eu recordo de quando conversava com meu amigo Ivo Fernandes, lá no ano de 1998, quando dizíamos quer queríamos ser psicólogos... Ele hoje é psicanalista e eu, em formação de enfermagem, porém, continuo com o sonho de me especializar na área de psicologia, porque de uma maneira direfente, de uma forma interessante, eu tenho acompanhado muitas pessoas que chegam as minhas mãos para que eu possa cuidar... algumas tão esmagadas... algumas tão sem esperança... tão cheias de feridas... tantas feridas... sonhos despedaçados... falta ou falha no equilíbrio emocional... olhos embaçados... olhos marejados... ah... são tantos e tantas, que com privilégio e confiança, Deus tem me trazido às mãos, que cuidar delas é uma grande maneira de eu aprender de Deus e em Deus.

Em Jó, capítulo 14, versículos 7-9, diz: “Porque há esperança para a árvore que, se for cortada, ainda se renovará, e não cessarão os seus renovos. Se envelhecer na terra a sua raiz, e o seu tronco morrer no pó, ao cheiro das águas brotará, e dará ramos como uma planta.”

Esses versículos enchem meu coração, inundam minha alma com uma fé, que tenho certeza que só vem do Senhor, porque como humana, devido a nossa limitação sempre temos uma mania de olhar só o agora, com a justificativa de que temos que viver o agora... e isso não deixa de ser uma verdade e acredito sim que devemos viver um dia de cada vez, mas acreditar que devemos olhar só o agora, limita nossa visão a uma realidade, a um ponto de vista, que no fundo é criado por nós... não é a melhor saída para que justifiquemos com o jargão de: Vivo um dia de cada vez. Lembre-se: Um ponto de vista é visto sempre de um único ponto... o nosso! E isso não nos garante literalidade em nada... mesmo que nos pareça real.

Na nossa visão humana, se parármos para pensar numa árvore cortada, com o tronco morto no chão e uma raiz envelhecida, é muito difícil que visualizemos esta árvore crescida e frondosa. Acho que nem mesmo o melhor ambientalista não teria tamanha crença nesta árvore.

Mas, Deus em sua Palavra Ele nos traz uma visão diferente.

Ele garante que há esperança para esta árvore, mesmo ela sendo cortada, mesmo o seu tronco estando jogado ao chão e raiz envelhecida. Ele nos garante que ela AINDA se renovará e não cessará os seus renovos, os seus frutos, as suas folhas...

Esta garantia de Deus não acontece porque esta árvore tem a capacidade de regeneração, o ponto de partida não é árvore, mas qual água que alimentando esta árvore fará com que ela renasça... A Palavra diz: ‘ao cheiro das águas ela brotará e dará ramos como um planta’.

Acho muito interessante quando no hino do Diante do Trono eles começam a mesclar a árvore e o ser humano, tem horas que cantamos e não sabemos se a palavra (ferido e abandonado) é no feminino ou masculino, não sabemos se já falamos da árvore ou se já falamos do ser humano... eles fazem um trocadilho interessante de feminino (árvore) e masculino (ser humano), que nos vemos como esta árvore: Inicialmente uma árvore sem esperança, sem chance de viver... e em segundos, uma árvore com ramos, com renovos e isso traz sim algo literal as nossas vidas: Esperança!

Queridos... Há esperança para o ferido!

A Palavra de Deus nos garante que nEle HÁ ESPERANÇA PARA VOCÊ.

Há esperança para o brilho nos seus olhos que já não existem mais!
Há esperança para as lágrimas que teimam em cair!
Há esperança para os sonhos que foram roubados, matados e destruídos!
Há esperança para os sonhos empoeirados na gaveta e que você acha que foram esquecidos!
Há esperança para a dor no seu peito que insiste em ficar latejando!
Há esperança para os projetos e planos que você sonhou e que se desfizeram!
Há esperança para a dor do não vivido!

Amados... Há esperança para vocês!

Deixem que pelo menos o cheiro das águas se aproximem... sintam o cheiro das águas... permitam-se que esta água se aproximem de vocês.... lembre-se que árvore cortada, tronco ao chão, raiz envelhecida não se regenera sozinha.

Eu preciso dEle.
Você precisa dEle.
Nós precisamos dEle.

Desejem o Cheiro desta Água e ela alcançará vocês!

Deus é especialista em detalhes! Nenhum detalhe da sua vida é esquecido por Ele. Pode ser o mais simples, o mais bobo, o menor... Ele vê, Ele conhece e Ele se importa!

Nada de tudo aquilo que você ouve acerca de Deus, acerca de Cristo, tem importância sem você.
Porque se não fosse por você nenhum plano teria sido criado por Ele!
Tudo que Deus fez e faz, no fundo é por você!

Deus... é o Eu Sou!

Nós? ... diria que: eu estou!!

Seja melhor na pessoa dEle!

Com amor e com o coração cheio de alegria e esperança!
Cristina Bessa

6 comentários:

Mariana Brizeno disse...

Amiga querida... suas palavras sempre vão de encontro ao meu coração. Concordo que nenhum cheiro é melhor que o das águas que fluem do trono de Deus.
Bjus,
Amo vc.

Rachel de Queiroz disse...

OI CRIs,que DEUS permita que palavras tão abençoadas profiram de sua boca sempre.Suas palavras tocaram a fundo meu ser,ultimamente venho me sentindo essa aárvore,mas creio que realmente haja esperança para o ferido.Abraços!

Cristina Bessa disse...

Mari querida, você tem cheiro de Deus... como é bom saber que tenho você... e mais ainda, quando damos aquele abraço gostoso e curativo, eu posso me molhar nas águas que fluem também sobre você.
Amo-te!

Cristina Bessa disse...

Rachel, prazer ter você aqui neste cantinho!!
E mais alegria toma o meu coração, em saber que você sentiu as palavras tocarem fundo no seu ser.
Querida, tenha certeza que há esperança sim para o ferido... e que realmente, sozinhos, assim como a árvore lá no chão, não conseguimos muito.
Mas, ao cheio das águas os ramos voltam e passamos a ter vida.

Conte comigo no que precisar!
Seu nome já vai para meu caderno de oração!
Olhe para o alto... Deus sorri para você e tem largos braços para te acalentar e te fazer frondosa e com ramos novos.

Aguardo sempre suas visitas e que você seja cheia de Deus, é o desejo do meu coração.

Abraço forte!
Força sempre!
Cris

Babi disse...

Cristina, minha irmã. Eu não a conheço, mas me senti muito próxima a você a partir das suas palavras de bênção. É maravilhoso descobrirmos outros irmãos tão cheios da presença e glória de Deus, assim como você. Sou psicóloga, resido em salvador. Estava procurando os versículos sobre a árvore cortada e encontrei seu blog. Que ministração de Deus, amada! encheu meu coração de esperança!! Que você continue a escrever aquilo que o Senhor ministrar a você. A paz de Cristo!

Cristina Bessa disse...

Babi...
Que sua vida seja um manancial de Deus, mesmo em dias de seca...
Feliz pelo blog, pela ministração e pelas palavras terem enchido seu coração.

Deus é bom o tempo todo!!
Graça e Paz!
Cris